Jardineira de seitan

Jardineira de seitan

A Jardineira de seitan faz parte de aquelas refeições one-pot, reconfortantes e aconchegantes para os dias mais fresquinhos ou chuvosos. Mas de facto, podemos a preparar quando quisermos, pois garanto-vos que vos vai saber bem em qualquer altura.

As memórias que este prato me desperta vêm da minha outra vida, quando vivia na Roménia. Se não me conhecem pessoalmente, podem não saber, mas nasci e vivi lá até aos meus 24 anos. Só depois é que mudei a minha vida para Portugal. ( um dia, se pedirem muito, posso vos contar mais pormenores)

Existe um prato que faz parte da minha herança culinária romena que é muito parecido com a Jardineira. Chama-se “Tocanita” e tem inúmeras versões : com ou sem batatas, apenas com legumes, com carne, sem carne, com cogumelos etc. É um guisado feito com tomate, alho e pimentão doce. Tradicionalmente era consumido pelos pastores nas montanhas, juntamente com outro prato tradicional chamado “mamaliga”, muito parecido com a polenta, um prato italiano e que hoje em dia muita gente conhece cá em Portugal.

Bem, mas voltando à nossa Jardineira de seitan, vou vos apresentar aqui em baixo os ingredientes e as minhas dicas. As quantidades exatas e todo o passo a passo vão encontrar mais em baixo.

Ingredientes:

Como vegetais usei cebola, alho, batatas, talo de aipo, cenouras e ervilhas, que são os ingredientes tradicionais de uma jardineira. Também usei molho de tomate, vinho tinto, muita salsa no final, cúrcuma e pimentão fumado.

Podem ainda juntar courgete e/ou beringela aos cubos para um extra de vitaminas e minerais.

O seitan que usei é caseiro, fui eu que fiz. É muito simples de fazer e muito mais delicioso do que o de compra. Para quem não conhece, é uma proteína vegetal a base de glúten de trigo cuja principal vantagem é a parecença tanto a nível de aspeto como sabor com a carne. Por conter uma concentração grande de glúten, deve ser evitado por pessoas com alergias e sensibilidades. Para as outras que pessoas, é aconselhado consumir com moderação e esporadicamente.

As minhas dicas:

É uma receita bastante simples e não há muito que possa falhar, no entanto chamo a atenção para alguns pormenores:

  • respeitar a ordem da colocação dos vegetais, pois existem alguns que demoram mais tempo a cozinhar, como por exemplo a cenoura – convém que seja um dos primeiros a entrar no tacho, a seguir a cebola e ao aipo
  • ter um tacho pequeno com água quente ao lado ( ou uma chaleira) e ir juntando líquido á nossa Jardineira de seitan para os vegetais não queimarem.
  • nos pratos com molho de tomate uso sempre pimentão fumado – é um dos meus segredos ( bem, not anymore 😛 ) e cúrcuma com pimenta preta ( para dar cor e para beneficiar dos seus benefícios)
  • tentar usar o mínimo de sal e substituir por ervas aromáticas : adoro colocar salsa fresca picada quando desligo o lume. Mexo e tapo por 5 minutos.

Substituições:

  • Seitan. Podem comprar o seitan em vez de o fazer ( prometo que em breve vou colocar aqui a receita), mas sinceramente ainda não encontrei outro melhor que o caseiro. Para quem não quiser usar seitan, podem tentar trocar com tofu cortado em cubos, mas quero deixar aqui a ressalva que ainda não experimentei, é capaz de se desfazer, pois tem uma consistência mais mole. Podem substituir ou juntar também chouriço vegan ou simplesmente não colocar nada. O prato já tem ervilhas, se a vossa preocupação é ter uma fonte de proteína.
  • Vinho. Podem escolher por usar ou não, eu gosto sempre de colocar um pouco : o tinto se quiserem sabores mais fortes ou o branco para sabores mais suaves.
  • Batata. Podem substituir por batata doce, mas atenção aos tempos de cozedura, pois a batata doce vai cozinhar mais depressa.

Espero que vos tenha inspirado para experimentarem esta receita e como sempre, aguardo em baixo os vossos comentários e perguntas.

Bom apetite e obrigada!

jardineira de seitan

Jardineira de seitan

Gabriela
Um prato de conforto que aconchega a alma
5 from 1 vote
Prep Time 10 minutes
Cook Time 40 minutes
Course Main Course, One Pot, Prato principal
Cuisine Mediterranean, Romanian
Servings 6 pessoas

Equipamentos

  • 1 Faca
  • 1 tabua
  • 1 Descascador
  • 1 Tacho grande

Ingredientes
  

  • 1 cebola
  • 1 talo de aipo
  • 3 cenouras
  • 1 courgete pequena
  • 3 batatas médias – grandes
  • 1 chávena ervilhas congeladas
  • 1/2 molho salsa
  • 200 g seitan
  • 200 ml molho tomate (1/2 lata)
  • 1 colher chá sal
  • 1 pitada pimenta preta opcional
  • 1 colher café curcuma em pó opcional
  • 1 colher café pimentão fumado opcional
  • 2 colheres sopa azeite virgem extra
  • q.b. água quente
  • 1 folha louro
  • 50 ml vinho tinto

Instruções
 

  • Descascar a cebola e as cenouras e lavar todos os ingredientes
  • Picar a cebola e cortar a cenoura e o aipo em pedaços pequenos
  • Cortar as batatas e a courgete em cubos
  • Cortar o seitan em cubos
  • Num tacho relativamente grande, colocamos o azeite e deixamos aquecer em lume brando
  • Juntamos a cebola picada e a folha de louro
  • Deixamos alourar alguns minutos, até a cebola ficar translúcida
  • Colocamos a curcuma, a pimenta preta e o pimentão fumado e mexemos novamente
  • Deixamos 2 minutos e mexemos para os sabores absorverem
  • Se necessário vamos juntando água quente para não queimar
  • Juntamos o aipo picado e a cenoura e mexemos
  • Deixamos novamente uns minutos
  • Colocamos o seitan e deixamos "fritar" um pouco
    adicionar o seitan
  • Colocamos as batatas cortadas em cubos e voltamos a mexer
  • Passados mais alguns minutos, juntamos a courgete e as ervilhas. Mexemos
  • Colocamos o vinho, o tomate e água quente até a água tapar todos os ingredientes
    jardineira de seitan
  • Temperamos com sal e mexemos
  • Colocamos uma colher de pau numa lateral e a tampa por cima e deixamos apurar em lume brando durante 30 -35 minutos, mexendo de vez em quando e ir colocando água quente, se necessário
  • Podemos desligar o lume quando as batatas e as cenouras estiverem cozidas
  • Juntamos a salsa picada e mexemos
  • Colocamos a tampa e deixamos apurar por mais 5 minutos
  • Bom apetite
    jardineira de seitan

Nota

  • A utilização do talo de aipo e da courgete é totalmente opcional, mas enriquece o prato com mais nutrientes
  • Só utilizei seitan caseiro, mas deve funcionar também com o seitan de compra
  • Usei vinho tinto para um sabor mais intenso, se não gostarem podem substituir por vinho branco
  • Durante a confecção é muito importante irem mexendo com frequência e irem juntando água quente se notarem que a mistura está a ficar sem líquido e tem a tendência de se colar ao fundo da panela
  •  Bom apetite!
Keyword comida caseira, comida de conforto, jardineira de seitan, one pot



1 thought on “Jardineira de seitan”

  • 5 stars
    Olá! Fiz esta receita, mas com tofu! Funciona lindamente. Tinha cogumelos Paris frescos, por isso tb usei. Na minha opinião o tofu funciona muito bem com óregãos e costumo adicionar um pouco mais do que o normal. Quando uso tomates ou molho de tomate, coloco um pouco de açúcar mascavado, basta metade de uma colher de café, para cortar na acidez do tomate, que pir vezes me “perturba” o equilíbrio do paladar. Tinha espumante branco de qualidade no frio, por isso foi o que usei e funciona desde que se deixe evaporar um pouco o álcool. Adoro o teu blog e aos poucos sinto que perco o receio de que a alimentação vegetariana não é completa em termos de proteína e saciedade. Parabéns pelas receitas!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Recipe Rating